Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUANDO TE VEJO


      Como fingir que não te amo,
      se toda vez que te vejo,
      me vem um desejo louco,
      de me saciar no teu beijo.
 
     Como fingir que não te quero,
     se cada vez que te encontro,
     o meu peito acelera,
     me pedindo o corpo teu.
   
     Como explicar essa dor,
     que sente o coração meu,
     quando você finge não ver,
     que o que sinto por ti é amor.
 
     Como esconder esse amor,
     que me faz pensar que o teu corpo,
     está amando o corpo meu,
     me faz te sentir ao meu lado,
     e, me faz sentir o perfume,
     que emana do corpo teu.
 
     Te desejo...Te quero...Te amo...
     e o meu corpo insiste,
     se o que ele sente por ti,não é amor;
     então, o amor,não existe!!!

florzinha
Enviado por florzinha em 14/03/2005
Código do texto: T6624
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Maria Socorro Teixeira de Castro ( Flozinha)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
florzinha
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 64 anos
4138 textos (1195031 leituras)
5 e-livros (3402 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:58)
florzinha