Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor busco bem além

Abro as portas do infinito
A buscar o que há de mais bonito
Para enfeitar os caminhos teus
Caminhos estes, que já foram meus!
Trilho sem parar a Via Láctea
A campear a estrela mais luminosa
Para dar-te a luz etérea
Desta existência mansa e temporosa...
Galgo, montanhas, cumes sem fim...
A procurar a planta mais rara
Para exalar o perfume-jasmim
De essência tão doce e clara!
Vagueio em profundezas abissais
A destruir as formas mais horrendas.
Quero ofertar-te os meus ais
Destas dores cruéis e agourentas...
Escrevo poemas, os mais loucos...
A expressar palavras, sem nexo...
Mas tudo parece tão pouco
Ah! O amor é tão complexo!
Penso em hipóteses absurdas
A descobrir tua incógnita
Destas vidas nulas e surdas
De ação confusa e insólita...
Tateio nas madrugadas escuras
A rebuscar a velhas fotografias
De ex-amor e muitas desventuras
Tudo em vão! Não há mais magias!
Sobrevivo na ânsia inútil de viver
A regatear atos e fatos
Ações infindas e sem querer
Que fazer com teus desacatos?

Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 21/09/2007
Reeditado em 10/06/2009
Código do texto: T662537

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 58 anos
11345 textos (923910 leituras)
16 áudios (8888 audições)
311 e-livros (34206 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 06:32)
Denise Severgnini