Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0517 - Amor e luz



Voltaria a luz,
qualquer brilho que faz viajar,
ir além deste horizonte,
até seu olhar.

Preciso encontrar uma porta,
um dia inteiro rogando vida,
fazer claros de amor no peito,
enquanto não encontro uma saída.

Volto a falar de sentimentos,
faço sua pele brilhar como lua,
acolho a ternura como névoa macia,
ando sobre seu corpo como se fosse rua.

Fecho seus brilhos, prendo sua luz,
não deixo que a paixão morra de frio,
faço uma fogueira de amor puro
até que aqueça seu vazio.

Preciso da luz de seus olhos,
para sarar da desnecessária dor,
quando disser da paixão que vive
não prometo, juro meu amor.

02/11/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 02/11/2005
Código do texto: T66345
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116240 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:51)
Caio Lucas