Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ANJO SEM MÁCULA

Virgem emancipada
és a deusa
que eu sonhei

por jardins
cativo estou
te descobri amada

em meu quarto
despida de pudores
me entreguei a ti
esquecendo tantos amores

pele macia
cabelos sedosos
cobrindo teus seios
por mim meio despidos

teus pés alados
que me tocam levemente
boca ávida me procura
será que é a felicidade
ou momentos de loucura...

Sentimento desconhecido
este que me excita
quando me ofereces teus regalos
feito um animal
caio na tua armadilha...

Atento fico
sinto o medo de ser abatido
me assusta esta tua posse voraz
imerso me entrego
sinto superar expectativas
sou vaidade sob teu domínio
e descubro um amor desigual
mais pareces um anjo
sem mácula...
MÁRIO FEIJÓ
Enviado por MÁRIO FEIJÓ em 22/09/2007
Código do texto: T663561
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
MÁRIO FEIJÓ
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil, 65 anos
4753 textos (293095 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 09:13)
MÁRIO FEIJÓ