Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu amor!


Meu amor!
Não queria magoar-te, assim te tratando.
Não queria fazer-te chorar, assim torturando-te.
Não queria fazer-te sofrer, assim ignorando-te.
Não queria fazer doer seu coração, não por mim.

Neste momento, minha vida esta uma quadrilha...
Problemas, sofrimentos, dores, arrependimentos,
pensamentos escuros, acontecimentos... Tudo ao mesmo tempo!
Tudo em mim esta mal...
E eu não queria te contagiar, deixando-lhe perto de mim.

Minha cabeça vivi em outros mundos...
Longe de tudo, de todos, e ate de mim!
O sol para mim já nem brilha mais, nunca brilhou!
A lua? E essa então!?
Nem em minha janela já não bate, com sua linda claridade.

Meu amor!
Mas agora percebo sim!...
O quanto me fazes falta...
O quanto és importante para mim...
O quanto minha vida depende de você,
de seu carinho, de sua paixão, de seu abraço,
de seu beijo, de seu amor, de tudo que vier de você.

Não estou lhe dizendo isso só por meus problemas,
Mas porque só agora entendi,
O quanto minha vida é incompleta,
Não é porque tenho tantos problemas, mas simplesmente
porque não tenho você ao meu lado, meu amor!

(Santarém-Pará, 22/09/07,
às 01:20 da madrugada)
Andrew de Castro
Andrew de Castro Rodrigues
Enviado por Andrew de Castro Rodrigues em 22/09/2007
Código do texto: T663853
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andrew de Castro Rodrigues
Santarém - Pará - Brasil, 27 anos
82 textos (5886 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 14:43)
Andrew de Castro Rodrigues