Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PROCLAMAÇÃO LEGAL

(Para as musas...).

"Eu queria ter dois corações
Batendo aqui dentro do peito(...)
Dois amores verdadeiros
Sem medo de assumir
Sem mistérios nem segredos
Sem ter que decidir ".
( Fábio Jr. ).



Minha história só é complicada

para quem quer me repreender e criticar.

A linha de uma oratória rimada

tem, se quiser, algum poder de explicar...



Mas, nem sei se quero dar explicação

sobre o sentimento que há em mim...

Se errei, espero poupar meu coração

de um intriguento blábláblá sem fim...



Acredito não ser errado

amar como eu amei e amo (duplamente).

Nenhum grito despeitado

vai calar a lei que proclamo sinceramente...



A lei do amor, por mim, proclamada

soma, multiplica (não divide, nem subtrai).

Cantei um clamor e vim duma estrada,

onde um alguém que só futrica jamais vai...



Não há espaço em meu peito

para o perverso fator de uma mentira feia.

Então, eu nunca faço mal feito

nenhum verso de amor contra a ira alheia...



Não me sinto marginalizado

por quem criticar o que declamo legalmente...

Eu acredito ser um felizardo

por amar como eu amei e amo (duplamente).


Paulo Marcelo Braga
Belém, 23/06/2007
(01 hora e 06 minutos).
Paulo Marcelo Braga
Enviado por Paulo Marcelo Braga em 22/09/2007
Reeditado em 22/09/2007
Código do texto: T664058
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Marcelo Braga
Belém - Pará - Brasil, 53 anos
159 textos (34789 leituras)
102 áudios (17984 audições)
5 e-livros (5204 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 21:12)
Paulo Marcelo Braga