Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ACORRENTADA

ACORRENTADA
Lílian Maial
23/8/01)


Rondas meu espaço
Esperas o sinal
[a carne]

Momento do bote
Cheiro no cangote
[fatal]

Narcotizas-me
Beijas-me
Acorrentas-me

Arrancas-me as vestes
Estás prestes
A morder

Zombo de ti
Lúdica violência
[impertinência]

Desafio-te com os seios
Empino-os de permeio
Aos olhares [tiroteio]

Embora acorrentada
À tua vida atrelada
Sou legítima

Levo-te à exaustão
E na ânsia do perdão
Recuso-me a ser tua vítima.


***********
Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 02/11/2005
Código do texto: T66440

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Lílian Maial
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1158 textos (248660 leituras)
21 áudios (13707 audições)
3 e-livros (1280 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 17:46)
Lílian Maial

Site do Escritor