Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR PROIBIDO

                         
                             AMOR PROÍBIDO



                 Doce, doce paixão e amor proibido
                 Que de proibido, toma o sabor a doce fel
                 Trazido pelo encanto de teu corpo prometido
                 E que faz sentir, o gosto, a amargo mel.

                 Nos teus olhos não há pôr-do-sol,
                 Não há ocaso no teu semblante,
                 Há uns cabelos em penteado de caracol
                 E dentes com brilho de estrela cintilante.

                 Radiações de desejo teus lábios emitem,
                 E que o teu corpo lindo e delicado
                 E que tu, toda me transmitem,
                 Fazem sonhar com o melhor pecado.
Povo Lusitano
Enviado por Povo Lusitano em 23/09/2007
Código do texto: T664453

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Povo Lusitano
Portugal, 62 anos
311 textos (24330 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 11:02)
Povo Lusitano