Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sou mulher, no esplendor da beleza,
No racional da sabedoria,
Atitudes nas decisões,
Especial, eu diria!
 
            Sou mulher na amplitude
            Na sensualidade, no desejo,
            Em amar, e ser amada,
            Eternizo com meu beijo!
 
                        Sou mulher desejada nas poesias,
                        Descritas nas composições,
                        Escrita e cantada,
                        Tenho mil definições.
 
                             Sou mulher amada e abandonada,
                             Sou mulher que amou e abandonou,
                             Errei e acertei, sofri e levantei,
                             Sou quem em lágrimas me afoguei.
 
                                     Muitos tentam me descrever,
                                     Cantar em versos e melodias,
                                     Comparar a estrelas e lua,
                                      Muitos querem minha companhia.
 
                                              Sou mulher que encanta,
                                              Que luta, sucumbe, determina,
                                              Chora, sorri, briga, apazigua,
                                               Fonte de desejo que desatina.
 
                                                          Mulher, fonte de prazer,                       
                                                           Fonte de gestação,
                                                           Mulher, que marca,
                                                           Todos carregam uma no coração.
 
                                                                  Mulher, doce como o mel,
                                                                   Várias formas de se entregar,
                                                                   Livre e dependente...
                                                                   Toda mulher somente deseja amar.
 
                                                                           Quem o coração aprisionar,
                                                                            Dela terá tudo o que quiser,
                                                                            Afinal de domada, passa ser domadora,      
                                                                            Torna-se tua dona, tua mulher...
Lamandarino
Enviado por Lamandarino em 23/09/2007
Reeditado em 23/09/2007
Código do texto: T664550
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor(a): Luciana Mandarino). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lamandarino
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 47 anos
367 textos (24359 leituras)
1 áudios (13 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 12:14)
Lamandarino