Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Primavera

Não tenho nem uma paixão
Pelo meu amor perdido na escuridão
Subo a montanhas, mas alta
Para  tocar meus sentimentos
Como sempre a dor me persegue
Com uma lembrança dos amores
Não costuma dormir nas folhas seca
Das muitas brigas sem uma razão
Dos seus perfumes sem seu odor
Água branca que desce da montanha
Congela minha alma faminta por amor
Na linda virada da costa muda
Violino segue meu coração já parado
Seus batimentos em ritmo das cordas
Soltas por ver um sofrimento perdido
O som vem bem baixo no meu ouvido
Escuto o vento subindo á montanha
Com as folhas da primavera chegando
Descanso meu coração no gelo branco
Na montanha de minha imaginação
Uma semente brota revivendo minha paixão
Desço sobre a cortina de gelo do mar
Para os braços de minha amada
Que por, mas sofrimento me espera
Com seu coração aberto para me amar
Nos lindos dias de primavera brilhar
Beijos ardentes florescem nossos corações
Como um botão de rosa caído no chão
Período histórico da primavera
Rosto de judeu sorridente sem barba
Importância de outra violeta azul
Mar com ondas de neve branca
Amor perdido no tempo único
Vem ganhando vida por séculos
Em criar uma rosa perfeita
Rio de girassol amarelo na costa
Amor esperando um coração
Estava vermelho de paixão
Primavera esta perfeita sobre a lua
Dos mais apaixonados dos seres

Edilley Possente
Enviado por Edilley Possente em 24/09/2007
Código do texto: T665975
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edilley Possente). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edilley Possente
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
632 textos (25398 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 16:38)
Edilley Possente