Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O AMOR E AS NOSSAS CONTRADIÇÕES

Quem me malquer me é credor.
Na contramão das nossas intenções,
Seguimos carregados de contradições,
Não nos foi diferente também no amor.

Quis o teu bem, e só te fiz o mal;
Quiseste o meu mal, e só me fizeste o bem.
O amor deveras nos é paradoxal,
Te amo e sei a quem tu amas: ninguém.

És desejo de estar ausente quando se está perto,
E desejo de estar perto quando ausente.
Se tudo o que se apresenta me é incerto,
É por inteiro sentir o que o coração só sente.

Se num dia caça, no outro caçador;
Se num dia mata, no outro sofre a dor.


Elton Diniz Pacheco
Enviado por Elton Diniz Pacheco em 24/09/2007
Reeditado em 09/10/2007
Código do texto: T666425
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Elton Diniz Pacheco
São Luís - Maranhão - Brasil, 34 anos
62 textos (2081 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 03:05)
Elton Diniz Pacheco