Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um Destino...Duas Vidas

Águas frias e solitárias
São as águas onde eu navegava
Sem rumo, sem consciência
A deriva eu ficava...

Meu barco continuava a navegar
Sem um comandante para guiar
Eu não sabia o que pensar
Nem menos em que rumo tomar.

Aquele balançar de sempre
Monótono e sem graça
Eu me via naquelas águas
Sim! Era o reflexo da vida que eu levava.

De dia sozinho
De noite na companhia do frio
O coração congelado
A mente em pedaços.

Sim! Águas frias e solitárias
São as águas onde eu navegava
Sem rumo, sem consciência
A deriva eu ficava...

Mas naquele dia
Quando eu menos esperava
Seu barco passou
E meu mundo mudou.

Levou-me para outras águas
Estas nas quais
Meu coração descongelava
Minha mente se refazia
Consciente me tornei
De que rumo tomaria.

Todo dia agradeço
Por você ser essencial na minha vida
O que a torna especial
E aqui escrevo
Pouco do que sinto.

Águas quentes e calmas
São as águas onde navego
Firme e feliz
Consciente do que eu quero
Eu e você
Um amor eterno.
DarkVentrue
Enviado por DarkVentrue em 25/09/2007
Código do texto: T668073

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DarkVentrue
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 28 anos
42 textos (4993 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 11:38)
DarkVentrue