Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0519 - Silêncio de amor




Teu silêncio diz de amor,
é como meu coração,
silêncio de amor,
até que palavras me despertem
falando de ti.


Volto as ruas que andei minhas madrugadas,
cato estrelas, uma a uma,
enquanto as lembranças de ti voltam a mente,
é quase manhã perto do céu,
o escuro passa rápido
e o dourado invade as ruas... sou sol.


Ouço gritos de amor dentro do peito,
amo-te,
algumas melodias vêm à cabeça,
piso em flores que jamais existiram,
meu jardim tem palavras que não pronunciei,
até ontem,
hoje falo de amor, mesmo no meu silêncio.


03/11/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 03/11/2005
Código do texto: T66809
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116249 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 15:03)
Caio Lucas