Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sempre com Você

Sempre com você.

Quando o Sol brilhante imponente fazer nascer o dia e uma nuvem branca pairar a sombra para o seu refrescar...

Saiba que meu sopro suave provocou o vento que levou a nuvem até você...

Quando a chuva suave molhar sua face e resfrescar o seu sorriso...

Podem ser minhas lágrimas tentando de alguma forma te tocar...

Se amanhã nascer uma criança, um sonho ou uma flor...

Estarei presente também no seu olhar de encanto, no seu pranto e no seu amor.

Se não estou aqui, é porque precisava partir para te amparar.

Eu cuido do seu sono...
Seguro suas mãos... E estamos juntos.

Quando o teu peito sentir o queimor da saudade,
Ou seus olhos chorarem a dor da minha perda,
Saiba...Que em mim reina o desejo de te fazer sorrir... E por isso, breve farei com que uma lembrança doce te faça suspirar.

Não pude ficar... Precisei partir... Sem poder te amar tudo o que havia para amar.
Meu amor foi maior que minha vida.

Guardo todo amor para nosso reencontro.
Quando nossas almas se entrelaçarão embaladas pelo som da eternidade.

Enquanto não nos vemos,
Enquanto não nos temos...
Não julgue, não condene, não conclue.
Também vivi momentos de dor que quase me fizeram perder a fé.
Mas existem flores azuis aqui no jardim.

Prepare-se. Vamos nos reencontrar.
Não há vida ou morte que me impeçam de te amar.


Débora Andrade
Débora Andrade
Enviado por Débora Andrade em 27/09/2007
Reeditado em 21/06/2008
Código do texto: T671421
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Débora Andrade). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora Andrade
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
312 textos (15456 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 10:16)
Débora Andrade