Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Como contar estrelas, sem teu ninar?
Como entender o mundo, sem teu abraço?
Crescer enfrentando a vida sem teus conselhos
Chegar aos dias de hoje e ver teu cansaço
 
Como explicar o amor que sentimos hoje?
Como esquecer das lágrimas do teu olhar?
Criaste o teu prórpio mundo...Eterno encanto
Feitiço que nos amolda em teu caminhar
 
Somos assim, crianças à tua volta
Ninho...Aconchegados ao teu calor
E a cada dia...Em cada instante
Instinto, um desejo forte...Por teu amor
 
Segure nas tuas mãos, os nossos desejos
Segure também...Anseios, e os corações
E seja eterna...Tal qual noite e magia
Nas vidas dos que te amam...De mil paixões!
O Guardião
Enviado por O Guardião em 28/09/2007
Código do texto: T671810
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
O Guardião
São Paulo - São Paulo - Brasil, 52 anos
364 textos (34559 leituras)
13 áudios (2412 audições)
2 e-livros (1991 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 00:15)
O Guardião