Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mar


Aquela onde veio e no arrastou...
Agarrados, um ao outro, rolamos
juntos, presos, com os corpos desencontrados.

Assim, vagamos por correntes,
frias e quentes,
descemos abismos profundos,
nadamos em tépidos remansos,
mergulhando num infinito
de espuma e movimento,
literalmente afogados,
num turbilhão de sentidos e sensações...

Viajamos um dia, um momento, um século,
nem sei... talvez mais.
Só sei que quando a onda nos devolveu
à calma da areia morna,
ainda estávamos presos um ao outro,
sem frio e sem medo,
apenas molhados.

No corpo, cheiro de sol,
na boca, gosto de mar...
Antônio Mesquita Galvão
Enviado por Antônio Mesquita Galvão em 04/11/2005
Código do texto: T67191
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antônio Mesquita Galvão
Canoas - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
983 textos (321633 leituras)
10 e-livros (3490 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 19:10)
Antônio Mesquita Galvão