Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SBELI

Ah, ausência, que toma o corpo, que tramita os espectros da noite
Que de querê-la tão perto...
Choro meu choro e rio o meu riso ofegante
E nada faz sentido!
Em algum lugar encontro tua foto
E teu sorriso que qual arco-íris exala o eflúvio do orvalho da manhã
Cintilando, rutilando tua chama
Os teus olhos brilham entre estrelas...
E pergunto à noitinha...
“Onde está minha querida e amada
Que de tanto querer foi matando-me aos poucos...”
Tal seria se não houvesse distância
Entre os teus passos e os meus
Eu diria ao meu coração apaixonado...
“Encontrei-a andando pelas ruas da minha solidão”
Vem, aquece-me com teu corpo
Beija-me com teus lábios de mel!
Segura-me em teus braços e me acaricia o rosto, pois sofro de amor
Estou carente de você
Observo teu rosto hirto
As tuas palavras se amalgamam
Ao restinho que sobrou de mim
Estou deitado no campo, os lírios são meus companheiros
A relva das campinas brada teu nome...
“Sbeli, Sbeli”
Então observo as estrelas e deixo o vento me levar
Como num sopro e de repente
Estou a teu lado
Há doçura em teu olhar, que de tão cândido
Faz-me duvidar da realidade
jairomellis
Enviado por jairomellis em 29/09/2007
Código do texto: T673450

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
jairomellis
São Paulo - São Paulo - Brasil
138 textos (8833 leituras)
1 áudios (327 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 15:02)
jairomellis