Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SÓ PARA DIZER BOM DIA.


Fiz ao nascer da alva,
Sob a luz que o sol irradia,
Estes versos vindos da alma
Para abençoar o teu dia.

Seja ele claro, nunca sombrio,
E teu riso seja aura a brilhar,
E que tua voz acalme o mar bravio
Antes de a tormenta começar.

Não seja deserta a tua rua
Nem em vão o teu caminhar.
A noite chega com a lua
É hora de descansar,

De ouvir um gondoleiro
Em águas distantes cantar,
Ser imaginário bandoleiro
Cavalgando sob o luar.

Por isso escrevi cada verso
Com tanto amor que até gemia,
No coração, no seu anverso,
Só para te dizer: Bom dia!

04/11/05.
Maria Hilda de Jesus Alão
Enviado por Maria Hilda de Jesus Alão em 04/11/2005
Código do texto: T67368

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Hilda de Jesus Alão
Santos - São Paulo - Brasil
848 textos (343315 leituras)
19 áudios (10580 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:34)
Maria Hilda de Jesus Alão