Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Sentir

O sentir

E eu ainda sinto...
Sinto como se tivesse te amado ontem...
Como se nos amássemos sempre...

Ainda me perco em sonhos,
Viajo em músicas,
Descanso em cantos...

Você está presente em mim...

Se fecho meus olhos
Procurando algo dentro de mim
Encontro você, sua voz, suas palavras,
O calor de suas mãos, o amor do seu corpo,
o pulsar do seu coração, o enlaço de nossas almas.

Fim. Nada mais a calar e nem a falar.
Nada mais a esperar.
Resta, somente, o amar.

Amar, somente.
Sem planos, sem amanhã.
Sem esperar, sem se curvar.
Nenhuma doação, nenhum espelho.
Nada de reflexos...
Nada de ações, sem reações.

Uma declaração,
Duas, três ou mais...
Palavras, sentimento...
Todas, todos e tudo perdido.
Sozinha num cais...

Débora Andrade
Débora Andrade
Enviado por Débora Andrade em 30/09/2007
Reeditado em 21/06/2008
Código do texto: T674613
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Débora Andrade). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora Andrade
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
312 textos (15498 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 05:21)
Débora Andrade