Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A POESIA E O AMOR

Meu corpo encontra-se repleto desta força,
Razões sempre descritas em minha arte,
Em busca de um dia poder chegar ao sol,
Declamando, versos ressonados do interior.

Tal momento se é representado pelas flores,
Sempre a sua lembrança conforta a solidão,
Leva-me a tecer sonhos, buscando objetivos
Que tornam o irreal, como metáforas.

Não se apaga nem com a morte fria,
Tornando-se imortal na vida quem fica,
Não usa maquiagem posta pelo homem,

Quando canta a alegria, conforta a dor.
Aurora que guia em caminhos obscuros,
Poesia que faz da razão da vida o amor.
Flávio Miranda
Enviado por Flávio Miranda em 01/10/2007
Código do texto: T676239
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Flávio Miranda
Belém - Pará - Brasil, 36 anos
85 textos (25305 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 17:00)
Flávio Miranda