Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

E, NADA DE NOVO HAVERÁ

Este vazio, este estado de
solidão dói demais, chega a
perfurar a alma, tal a
força de sua influência.
 
Parece que não existe
uma solução, algum remédio
que amenize tanta dor,
resultado de um só culpado...
 
O dia começa a despontar,
com ele a indicação que tenho
que abdicar aos meus ideais,
efeito de uma noite só de insônias..
 
Será mais um dia que
fará parte de mim, mais um
para tentar colher não sei
bem o que no divã da esperança...
 
Sei que daqui algumas horas
a luz que chegou eufórica,
será abraçada pelo outro manto
da noite, e nada de novo haverá...
 
                                                     
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Wil
Enviado por Wil em 01/10/2007
Código do texto: T676389
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 82 anos
2729 textos (85954 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 18:50)
Wil