Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Apaixonando

Essa convivência perigosa,me faz correr o risco de me apaixonar
é melhor eu me acostumar,a te ver sem te desejar
porque é que eu fui te notar?!
Quieto e desatento,daqueles que me dá medo
eu vivo temendo,até mesmo o vento, mas não você...
Mais um dia sozinha,é o que seria,poderia ter sido
e a vida faria tudo fazer sentido,mas você sorria
e esse foi meu perigo
Eu ja sei aonde vai dar,sei que vou me encantar
com cada sorriso que você vai dar,e eu sei, vou fazer alguém chorar
Tomara você nunca me note, que não sejamos nem amigos até a morte
que eu nunca enconste em teu peito forte
porque eu jamais pediria para que me solte!
Tomara seja sempre assim,e você nunca goste de mim
que logo esse sentimento tenha fim
agora no jardim dos céus canta o querubim
enfim,que você nunca esteja afim.
Não irei me permitir,o direito de sentir o que eu sinto por ti
depois do que passei eu aprendi,não posso,não devo, mentir ou trair!
Afinal quem perdoaria a traição de mais uma vadia
desalmada e cheia de lascivia,se não ele,quem se importaria?
Marcela Cruz
Enviado por Marcela Cruz em 01/10/2007
Código do texto: T676547

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marcela Cruz
Guarujá - São Paulo - Brasil, 24 anos
41 textos (1340 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 06:49)
Marcela Cruz