Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CODINOME LOBO

  2 visitas



CODINOME LOBO

Ânsia de fazer amor à toda hora
A fera cede aos encantos da bela
Fluem sonhos e quimeras
A rasgar a roupa dela

Desejo é meu codinome
Eterno cio, animal á solta
De teu corpo tenho fome
Espero-te vadiando na floresta

Tatuado pelo lendário lobo
Herdei dele todo o arrojo
De minhas garras não irás escapar
Irracional seria não te amar


Meu cheiro de mato, alecrim
Aroma que a faz lembrar-se de mim
Mas minha marca registrada
São os beijos que a deixam desvairada

Louco, ébrio de paixão
E me entrego manso,
Após a consumação.

Caçador vencido pela caça
Aprisionado em teus braços,
Exausto, suado.
Ela sorri, acha graça!
Tânia Mara Camargo
Enviado por Tânia Mara Camargo em 02/10/2007
Código do texto: T677745
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Mara Camargo
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 60 anos
508 textos (17509 leituras)
7 áudios (413 audições)
1 e-livros (32 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 14:16)
Tânia Mara Camargo