Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A ESPERA FOI...

Diga-me, qual a razão
pra ter chegado só agora,
o que impediu,
o porque desta demora?

Foi tão longo o tempo
de espera, que as
primaveras simplesmente passaram
e ainda hoje, exibo sinais de
ansiedade, assim como tudo aquilo
que se tornou acinzentado.

Não podemos continuar jogando
a vida fora, urge recupera-la,
principalmente o tempo que passou
quando debruçado sobre janela.

Venha correndo, quando chegar
entre depressa, não precisa
bater, meu coração já te conhece
e sempre esteve a tua espera.

Tome posse do que sempre
foi teu, faça os arranjos necessários,
mas não esqueça de abraçar-me
primeiro, pois, a espera
foi longa demais.


 
 

   





Wil
Enviado por Wil em 03/10/2007
Código do texto: T678583
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 82 anos
2709 textos (85711 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 19:14)
Wil