Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Diamante

Quando então deparo-me com estes tempos
Que rebuscando não encontro nem malogrados
Sonhos lúcido que tanto quero tê-los
Pra apagar as velhas nódoas do passado

Chego então a perguntar a Deus se fora
Culpa de meus atos tão vis, pra ser ferido
Desta maneira tão punjente que me feres
Tornando o que já me doía, mais sentido

Olho em outros olhos e  busco incessante
Mas é em vão... e torno então a prantear
Não encontro noutra face o mesmo brilho
Que nos teus, de diamante a brilhar.

Moisés Lopes
Enviado por Moisés Lopes em 03/10/2007
Código do texto: T679025

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Moisés Lopes
Curitiba - Paraná - Brasil, 33 anos
295 textos (12822 leituras)
2 áudios (132 audições)
1 e-livros (69 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 00:26)
Moisés Lopes