Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fúria de amor

Estou quase idoso de pouca surdez
Neste grito de revolta contra o amor
Não tenho um lugar decente para viver
Luto para sobreviver nesta lama de amor
Embora meu coração congelou no tempo
Mudança do passado floriu no meu peito
Diariamente renova minha emoção
Aviso que estou imigrante de amor
Este meu coração é explorado pelos olhos
Tentava apalpa-la com um beijo no rosto
No mundo masculino de sua mãe solteira
É a primeira vez que mergulho no assunto
Da minha mentalidade de uma pessoa burra
Tem situação pior da desonestidade amorosa
Cuja vida infeliz é redimida por um facão
Na fúria marxista fanático da solidão perdida
O pior momento foi sua ligação ofensiva
Não tive estômago para falar com você
Antes de ser abandonado pela morte
Portanto não pode dar sua própria versão
Interessante esta fúria de amor infiel
Depois desta depressão da guerra falada
É atrai do para uma vida de criminalidade
Da memória de um idoso irado por nada
Com uma fúria no coração disparado
É certeza que ambos serão felizes
A este amor sem poder da compaixão
Ver um vestido longo caído no chão
Com seus seios a mostra de desejo
Quero muito acordar de meu sonho
Da mocidade do lado de minha amada
Agora só tenho dores pelo corpo
E a saudade de sua alma do meu lado
A tempo você foi embora de vida
Partiu para o céu de estrelas brilhante
A dor não tem com sumir tão diferente
Dos sorrisos de sua boca linda
Perto de um momento de prazer
Ficamos felizes para poder amar
No mundo de ilusão da fúria do amor



Edilley Possente
Enviado por Edilley Possente em 03/10/2007
Código do texto: T679490
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edilley Possente). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edilley Possente
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
632 textos (25398 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 00:42)
Edilley Possente