Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poeta...

Você, pegou uma chave enferrujada
Jogada no porão da minha alma
Sem saber... purificou , banhou, induziu
Na porta do meu coração... Encaixou

Rodou, ajeitou e abriu
O sol surgiu...
Iluminou suas profundezas
Com clareza, com certeza

Suas batidas compassadas
Descompassaram...
Sua alegria, existia...
Mas não ria tanto

Seus sonhos, sonhados
Adormecia... queria...
Você acordou, impulsionou
A querer viver

Nas suas profundezas
Não existe tristeza
Só a procura da verdade de ser
Sem querer o que não pode ter

Nas suas profundezas
Não permanece passado
Tudo foi aprendizado
Tudo foi à procura de você

Nas suas profundezas
Como a luz está clara
Tem toda uma alma
Querendo reviver

Nas suas profundezas
Tem uma grande certeza
Do amor que tem por você
Com a vontade de viver

Nas suas profundezas
Sempre acreditou no amor
No amor com paixão
Não com sem mãos

Nesta profundeza, com certeza
Existe um grande amor por você
Com respeito e admiração
Só a espera do clarão!

Te beijo poeta!
Nanci Cerqueira
Enviado por Nanci Cerqueira em 04/10/2007
Código do texto: T679794
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Nanci Cerqueira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nanci Cerqueira
Salvador - Bahia - Brasil, 59 anos
595 textos (24626 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 18:17)
Nanci Cerqueira