Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Letras 0174 - Do meu querer


 

 

Desenho a rua, o rosto da mulher,

faço o amanhã mais jovem,

enquanto colho desejos dos sonhos,

para uma vez ou para outros dias de amor...

 

 

Trago a primavera, o beijo mais louco,

acorde-me quando o café estiver pronto,

depois do amor, deita as lembranças na mesa,

faço poema com mel que trouxe d'outros lábios.

 

 

Ainda que o vento traz folhas de ontem,

não deixo o abraço que tombou o corpo,

na cama não cabe chuva dos olhos,

somente espumas do mar que lambuza o prazer.

 

 

Retiro um pouco da luz da lua, separo,

guardo calor que veio do sol da manhã,

abro minha caixa de sonhos especiais,

misturo as lembranças e alimento o coração.

 

 

Amo aquele pedaço que me deixa em paz,

as promessas que me fazem viajar todo o tempo,

a chuva que me lava a alma quase pura,

o amor que amo, sem medo, sem cobranças.

 

 

04/10/2007
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 04/10/2007
Código do texto: T680396
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 69 anos
4429 textos (116906 leituras)
1 e-livros (168 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 06:19)
Caio Lucas