Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Olhos

Como negar o amor que tenho por ti?
Se meus olhos me traem.
Ah, se não fossem os meus olhos,
Poderia eu mentir,
E ninguém me contrariaria.

Mas por outro lado, se não fossem meus olhos,
Como te conheceria,
Que imagem de ti guardaria?

Dizem que os olhos são o espelho da alma.
Se assim o for, a minha chora.

Eles que um dia se alegraram,
Hoje choram.
Mas não de modo contínuo,
Ás vezes eles brilham,
Tanto que parecerem pulular de alegria.
Basta que falem de ti,
Basta que sinta a tua presença,
Mesmo que ela não seja física.

Daí, como negar o que sinto por ti?
Se mesmo que não queira,
Meus olhos me traem.

Por isso, jamais os negarei,
E nem mesmo deles discordarei,
Simplesmente te amarei, te amarei, te amarei.

Marlon Oliveira


Marlon Oliveira
Enviado por Marlon Oliveira em 04/10/2007
Código do texto: T680742

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marlon Oliveira
Imperatriz - Maranhão - Brasil, 44 anos
23 textos (1255 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 20:31)
Marlon Oliveira