Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

meus erros

minha doce alma está prestes
a não perdoar os meus erros
garanto-te:eu não vejo o teu olhar.
meus desejos por seus beijos
são o estopim para o fim dos dias
erros que me perseguem a vida toda
como uma flecha que acerta o coração.
luto e desisto
mas não consigo aniquilar os meus erros.
tédio e inamor
povoam o deserto da dor
até o rancor
enganou voce, meu amor.
erros e mais erros
não passam de tolices humanas
um poeta que ama
não comete erros como um mortal
o poeta atravessa o despertar
de cada amanhecer
erros assim
são para dizer
dizer que eu nunca vou esquecer
que um dia eu menti para voce.
Profeta do Amanhã
Enviado por Profeta do Amanhã em 04/10/2007
Reeditado em 25/04/2008
Código do texto: T680882
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Profeta do Amanhã
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 32 anos
3823 textos (123793 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 00:46)
Profeta do Amanhã