Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

meus erros

minha doce alma está prestes
a não perdoar os meus erros
garanto-te:eu não vejo o teu olhar.
meus desejos por seus beijos
são o estopim para o fim dos dias
erros que me perseguem a vida toda
como uma flecha que acerta o coração.
luto e desisto
mas não consigo aniquilar os meus erros.
tédio e inamor
povoam o deserto da dor
até o rancor
enganou voce, meu amor.
erros e mais erros
não passam de tolices humanas
um poeta que ama
não comete erros como um mortal
o poeta atravessa o despertar
de cada amanhecer
erros assim
são para dizer
dizer que eu nunca vou esquecer
que um dia eu menti para voce.
Dom Abreu
Enviado por Dom Abreu em 04/10/2007
Reeditado em 25/04/2008
Código do texto: T680882
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dom Abreu
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 32 anos
3808 textos (123235 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 06:35)
Dom Abreu