Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vento!

Vento!
 
Vento, fustiga minh'alma,
que de cansada,
chora!..
 
Pela tua falta,
pelo teu carinho que não me dás!..
Vento, Vento!
Traze meu Amor,
aonde quer que vás!..
 
Vem com Ele,
me faz dele
diz a ele
que sem ele
não vivo mais!
 
Vai, nem que seja em forma de açoite,
fustiga-lhe seu rosto,
sua alma.
Diz-lhe de mim, de ti,
que não podemos mais
aderir a essa forma de dor,
sem este amor
que me deixa a alma
dorida,
saudosa,
apaixonada,
presa em teus lamentos,
de vento frio que passa.
 
Me leva,
me transporta
lá fora.
Me leva em torvelinho
aonde ele se encontra!..
 
Rápido, Vento!..
Vai!
Agora!..
Hoje,
Dize-lhe do nosso Amor!
 
Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"
www.albumpoeticoeda.com.br
Araruama
Poeta Amor
Enviado por Poeta Amor em 07/11/2005
Código do texto: T68303

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poeta Amor
Araruama - Rio de Janeiro - Brasil, 81 anos
398 textos (14771 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:19)
Poeta Amor