Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Seus olhos

Olhos grandes, coloridos, intensos, do tamanho do mundo.

Que falam, se comunicam, gritam dos lugares mais profundos do ser.


Olhos que se desnudam e revelam o que a boca jamais ousaria dizer.

Que clamam por justiça, aconchego, colo, chamego.


Olhos insones, agitados, intranquilos, de quem se vira na cama

e resiste ao sono que insiste em chegar.


Afinal, para que dormir demais,
se temos toda a eternidade para tal?

Olhos sempre alertas,
de quem espera a felicidade passar a qualquer instante.

De preferência,
num cavalo branco como naqueles velhos contos de fada.


Olhos que insistem em viver um dia após o outro

degustando cada minuto e cada segundo
como se derradeiros fossem. E não o seriam ?


Olhos de quem gosta de gente
de quem se vê no outro, como num espelho.


Olhos carentes, vermelhos,

que ainda esperam o grande amor.

Que pode ser o próximo, porque não ?


Olhos de guerreira, que cai e levanta mil vezes se preciso for.


Olhos de quem escreve a própria história
e se recusa a ser na vida uma mera coadjuvante.

Olhos de comandante,
mas ao mesmo tempo frágeis feito uma flor,

sempre prontos e dispostos,
a se render e a se curvar perante à grandeza e à majestade

de um grande amor!

(07-2007)

                                                       
joão joão
Enviado por joão joão em 07/10/2007
Reeditado em 31/05/2013
Código do texto: T684027
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
joão joão
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
281 textos (16628 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 19:40)
joão joão