Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MERIDIANOS


 MERIDIANOS
(OU AMOR PLATÔNICO)


O amor...
E a saudade
São duas paralelas
Entre o fervor
E o amar...
Entre você e eu...
Entre a paixão
E a dor da ausência...
Entre o cantar
Da alegria,
Da felicidade.
E a dor da saudade...
Entre eu e você!
Caminhamos juntos,
Você me conhece,
Eu a conheço,
Porque só você
É parte de mim,
E eu...
De você sou parte.
Para você aparecer
É preciso,
A outra metade
Conhecer...

É preciso declamar
Versos angelicais,
Isso é pura verdade,
Eu não minto jamais...
Da casa
Eu sou o quarto
Você é o salão...
Do natureza
Você é a brisa suave
E eu sou o soão...
Paradoxalmente...
Caminhamos separados
Na mesma direção...
E somos então
Nessa junção milenar
Como dois amantes
Que nunca se encontram,
Que nunca fazem amor...
Mas embora separados,
Falam e juram
Que irão se amar
Para sempre...
tancredo
Enviado por tancredo em 07/11/2005
Código do texto: T68405
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
tancredo
Valença - Rio de Janeiro - Brasil, 76 anos
118 textos (65460 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:36)
tancredo