Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR ERRANTE

Amor errante...
Marilda de Almeida

Um sonho seria acordar e ao meu lado encontrar-te,
Calando meu pranto no calor de um abraço,
Teu amor, ofertado.

Como semente em solo fértil, germinando em meu coração,
Exalando o perfume deste ardente e terno amor.
Uma faísca desta paixão, iluminaria a escuridão
Do meu céu de solidão.

Mudar-se-iam as cores do meu arco-íris e de minha estrela guia.
Nesse pungente ser, o riso, presente se faria.
Teria morrido a tristeza, sem deixar danos a esse pobre coração.

A lua cintilante surgiria para irradiar luz, nesta vida de ilusão, que desconhece alegria do hoje e do amanhã, vivendo de um passado, inconstante...
De um amor, errante.

Marilda.
06/10/2007



Marilda de Almeida
Enviado por Marilda de Almeida em 07/10/2007
Código do texto: T684998
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marilda de Almeida
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 59 anos
72 textos (2501 leituras)
1 e-livros (138 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 01:28)
Marilda de Almeida