Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chuva de Dor

Chove
Chuva
Chora
A vida
Chove
Saudade
Chora eu
Perdida
Sem teu amor
E a terra
Seca de ternura
Brota flores
Dessa chuva de dor
De tanto desamor
E elas nascem da cor da paz
E o chão tão branquinho
Florescem margaridas
A ofertar a chuva
Um carinho de amor
E o coração tão seco
De não ter seu amor
Começa a florir
Ao avistar
Tanta harmonia
Em tão belas pétalas
lágrimas
De flores
De chuva de dor
Lágrimas de amor
Eu
Suavizada
Pelas pétalas
Dessas flores branquinhas
A querer paz no amor
Entrego-me
Ao perfume das margaridas
E adormeço meu corpo
Tão carente de amor
E no sonho
Viro pássaros
E vou pousar no solo
Fértil do amor...
Glorinha Gaivota
Enviado por Glorinha Gaivota em 08/10/2007
Reeditado em 08/10/2007
Código do texto: T685065
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Glorinha Gaivota
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
876 textos (38036 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 02:44)
Glorinha Gaivota