Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMAR NUNCA MAIS

Tenho observado que nos
últimos tempos, tens se
aproximado demonstrando
na face, sinais de carência.
 
Os gestos angelicais que
desconheço, são meigos, ternos e,
são sempre acompanhados
de palavras afetuosas.
 
Os olhares dispersivos revelam
desejos, os cabelos soltos iguais
a uma bandeira no mastro,
sinalizam vontade de voltar
ao lugar de onde partiste, dizendo
palavras frias..
 
Estas arrependida? Confessas
que naquela noite fatídica
em que partiste, sequer
pensaste nas conseqüências
lutuosas, que me acompanhariam
o resta da vida?
 
E agora queres voltar, atar
novamente o que foi desfeito,
viver simplesmente sem qualquer
suspeita? Não! amar nunca mais,
sofri demais, cansei de te procurar
 sem nada encontrar..
 


 
 
 
 


 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
 
 
 

 







Wil
Enviado por Wil em 08/10/2007
Código do texto: T685449
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 82 anos
2732 textos (85972 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 22:32)
Wil