Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

No romper das demoras



Daqueles tempos foram feitos rascunhos.
Perdidos na lembrança outros tantos pergaminhos.
Cartas, bilhetes, mensagens, velhos escaninhos...
Restos de um amor registrados por fiéis testemunhos.

Sei que percorri caminhos distantes dos sóis.
Penetrei o negrume de tantas noites sem lençóis.
Tantas dores para perceber aquilo o que eu já sabia.
Ali, naqueles momentos, apenas minha vida escorria...

Retorno à verdade em meus longos passos.
Transito minha lentidão em apressadas horas.
Imensos céus, incomensuráveis espaços,
vislumbrando a felicidade no romper das demoras...


SATURNO
Enviado por SATURNO em 08/10/2007
Reeditado em 03/07/2013
Código do texto: T685630
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
SATURNO
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
660 textos (48112 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 00:47)
SATURNO