Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um homem quando chora...

Um homem quando chora, chora!
Por que sente a saudade que o devora
Trazendo de volta sentimentos de outrora
A solidão não dá trégua
O faz refém de reminiscências
Como da primeira vez
Reviver momentos de embriaguez
De um amor que se desfez
E nem o tempo consegue juntar seus pedaços

Um estranho sentido invade a alma
luto para manter viva a chama
De um amor quase que impossível
Num determinado momento, sinto medo
Solidão, calafrio, um vazio.
Sem chão.

Saudade, por que não vai embora
de uma vez?
Faz-me um prisioneiro, uma fera
talvez
Não tem perdão.
Edimilson Eufrásio
Enviado por Edimilson Eufrásio em 09/10/2007
Código do texto: T686621
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edimilson Eufrásio
Mineiros do Tietê - São Paulo - Brasil
112 textos (6150 leituras)
2 e-livros (57 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 01:16)
Edimilson Eufrásio