Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Outra vez

O vento que me traz a paz que só consegui no momento em que ouvi sua voz
Nossa que alegria te ouvir de novo, que vontade de te apresentar meu mundo e pedir pra que você faça parte dele
A quanto tempo você saiu de mim, da minha vista, da minha história...
È engraçado imaginar que talvez, finalmente possamos nos resolver, é estranho te imaginar de novo perto de mim, de novo a minha volta, de novo aqui
Vi seus lábios e te desejei de maneira singular dessa vez, vi em seus olhos o brilho de uma noite de luar
Vi estrelas caidas no chão, quando vi seus lábios se encontrando com minha boca, e sorri.
Fechei meus olhos por instantes apenas, desejei te ter aquela noite e muitas outras mais, desejei-te.
E te amei de forma única e sublime, como te deixei me amar
Me ensinou como voar, me mostrou o mar azul que se esconde em seus verdes olhos, me guiou até o seu leito, me fez mulher dentro de mim mesma, se fez homem diante de mim...
Engraçado tive que me perder pra depois te achar, você me faz sentir de novo o arrepio, a voz tremula, me faz sonhar de novo.
Gosto da maneira na qual você se esconde, e eu te acho sempre
Gosto da sua fome de saciar seu ego e gosto da sua calma na hora de me fazer feliz.
As vezes fico sonhando estaremos nós e me vem um nó...
Sinto que tenho asas de novo,  mas tenho medo de voar bem alto...
Sinto que posso sorrir, que você gosta do meu sorriso...
Sinto seus olhos sobre mim. como me apixonei por esses lindos olhos e como adoro quando me olham assim.,
Me despem a alma e me devolvem o chão...
Como é bom saber que posso andar de novo pela escuridão, sei que se cair você estrá comigo e nunca soltará minha mão
Meu anjo, meu menino, meu amor...
Quanta coisa o vento me diz, quantas perguntas sem respostas, mas não é preciso...
...agora sinto que é a hora, que é você, tente...
Me encante, e sobretudo me ame, porque eu preciso muito de amor, me ame, porque eu preciso muito ser amada.
Apenas esteja aqui e me dê a mão quando eu precisar...
Nathalya Etchebehere
Enviado por Nathalya Etchebehere em 09/10/2007
Código do texto: T686799

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nathalya Etchebehere
Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil, 32 anos
252 textos (22927 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 21:43)
Nathalya Etchebehere