Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Amor


O amor é alimento consumível da alma
É a criação universal
É a satisfação do que é real
É um milagre da natureza
É a fonte de uma beleza interna

De alimento de consumo
As nossas almas aplaudem
Num grito geral
Cantam a alegria deste milagre
O milagre a nós concedido.

O amor é infinito e finito
É uma dor que não dói
Um sacrifício sem sangue
Uma cicatriz profunda

De infinito e muito mais.
É loucuras que diz doer
Pequeno sacrifício
Que causa sentimentos profundos

O amor é real e irreal
É a escassez do líquido divino
O amor é divino e puro
Singular e plural

Nada no mundo nos parece tão legal.
E muitos dizem irreais.
Pois tem Deus como patrono.
Na humildade e prazer

O amor não tem definições
A gente sente, vê e crê
Amor não é palavra
São sinônimos, antônimos

Não procuremos definições
Amamos e só.
Palavras. Amor, amor...
Te amo amor.

Um verbo. Eu amo
Tu amas. Ele ama

O amor é um sentimento ainda
Verdadeiro

Onde há o amor nada mais é preciso.
Ama-se e com certeza vive-se.


Autores:

Ilia Noronha & Elio Candido de Oliveira.

O coração dita. Para que a alma reflita.
O lápis rascunha o computador edita.
E eu ou nós publicamos... Palavras e ou...


Ilia Noronha
Enviado por Ilia Noronha em 09/10/2007
Reeditado em 15/10/2007
Código do texto: T687842

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ilia Noronha César Neta). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ilia Noronha
Manaus - Amazonas - Brasil, 33 anos
609 textos (49720 leituras)
7 e-livros (3258 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 13:15)
Ilia Noronha