Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chuva que me banha e o amor assanha…
 
A chuva que agora meu corpo molha, fazendo com que eu sinta o toque das gotas que do céu vem me cobrir como um lindo véu, como que se eu fosse um príncipe ou um anjo celestial que veio para aqui na terra sentir o quanto é bom ser humano, sentir o amor me cobrir como um quente manto.
 
Esse amor que só o coração humano pode desfrutar, pois o amor vem do além céu, superando horizontes, vencendo o gigante mar, fluindo um aromático transpirar que exala pela pele do corpo vivo, que se converte em brasa viva a revelar um calor enlouquecedor na cor do fogo que se transforma em chama ardente, que purifica a quem se deixa consumir por esse louco amor a ferver no coração e na mente.
 
Deixar-me banhar pela chuva me faz desejar envolver-se pelo amor, sentir os braços e suspiros do fogo abrasador.
Mprado
Enviado por Mprado em 10/10/2007
Reeditado em 10/10/2007
Código do texto: T688232

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mprado
Portugal, 65 anos
377 textos (24034 leituras)
10 áudios (2296 audições)
2 e-livros (61 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 06:03)
Mprado