Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Destino Maldito


Vida maldita, que me deixou,

Presa numa armadilha,

Triste sina que o destino aprontou.

Fiquei presa no passado,

Na sua mente passageira.

De sonhos perdidos e sofridos por mim.

Meu passado foi triste,

Dias e noites atrás,

Pensando que era feliz sem teu corpo.

Mas o destino aprontou.

Você foi embora, e nunca mais voltou.

Só via o sol nascer,

Que lembrava teu sorriso.

A vida sem sentido ficou.

Chorei...chorei...

Minhas lágrimas de solidão.

Amor...amor...

Só saudade ficou.

As estrelas no céu brilham com fervor.

E a água que corre no mar,

Fala do meu amor.

Oh! Destino maldito

Que para mim aprontou.

Falou que ias voltar,

Mas lá longe ficou!
Adriana Parise Pinheiro
Enviado por Adriana Parise Pinheiro em 10/10/2007
Código do texto: T688518

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Adriana Parise Pinheiro
Santiago - Rio Grande do Sul - Brasil, 39 anos
40 textos (4202 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 10:09)
Adriana Parise Pinheiro