Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Canteiro

Quando nasci minha mãe disse que chorei
Ao ver o planeta, a água, a terra e o céu,
Paraíso de amores apaixonados, a lua
Enamorada da linda Rapunzel,
Seio da nobreza, encanto da beleza,
Onde só o vencedor levanta troféu

E logo pediu para que eu nunca mentisse
Andasse de cabeça erguida, palavras
Proferidas medisse, trouxesse
No rosto sorriso para alegrar o semblante
Fugisse das temeridades e dos desejos errantes

Não fui alegre nem triste, cantante
Dos amores verdadeiros,
Tentei competir, mas nunca fui o primeiro,
Fiz da vida poesia, da palavra fantasia
E da esperança lindas flores de canteiro.
R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 11/10/2007
Reeditado em 11/10/2007
Código do texto: T689546
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
R J Cardoso
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3171 textos (82371 leituras)
2 e-livros (437 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 21:49)
R J Cardoso

Site do Escritor