Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pressentimentos

Amanheci
Uma dor incontrolável senti
Pressenti
A solidão batendo e querendo entrar
Resisti
E  travando luta para não deixar
É uma briga sem fim

Sinto-me como um corpo sem alma
O céu sem o mar, o sol sem a lua
Toda vez, saudade vem pra machucar
Eu fujo da solidão pra não perder o rumo
Sou apenas um menino que quer colo
Tenho um mundo, mas não tenho o amor

Você vai dizer pra mim,
Que não valeu a pena insistir
Eu vou dizer pra você
Que sou feliz assim
É melhor tentar e depois sofrer
Do que chorar e não saber o por quê


Edimilson Eufrásio
Enviado por Edimilson Eufrásio em 11/10/2007
Código do texto: T689581
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edimilson Eufrásio
Mineiros do Tietê - São Paulo - Brasil
112 textos (6150 leituras)
2 e-livros (57 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 20:35)
Edimilson Eufrásio