Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Luar (por M.)

Noite de Luar, serena e cheia
como se o amor que trago em meu peito
Por ti fosse de estar na varanda e pular

Quero poder te mostrar como
o cheiro, a brisa e a cor do céu
Combinam com teus lindo olhos mel

Por mais lindas que estejam as estrelas a brilhar
Elas não se suportam quando nua te veem
Deitada sobre o cetim do luar

As flores fazem tapete para
sua tez respousar
Mas cedem lugar a sua cor maravilhosa iluminar

Rosa sim, pois rubrou ao ver que a luz
fez reverências aos teus lindos contornos
Quase infantis mas ingênuos jamais

Em noite de lua cheia
O vento é frio mas a carne é quente
Venha e deite-se sobre mim, paixão suar

Ame mais uma vez aquilo que te faz
perder o chão e querer da varanda realente pular
Rumo as flores que, saiba não amorteceriam sua queda

Voe mais alto que conseguir
Mas não saia do meu lado
Grite o mais alto que sua garganta permitir
Mas serão sussurus quando te possuir

Possuir sim!
Pois dentro de ti estarei e nada fará
Commo sei? Pois é isso que te faz gozar
Amda minha amada

By M.
Doxe
Enviado por Doxe em 09/11/2005
Código do texto: T69210
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Doxe
São Paulo - São Paulo - Brasil
12 textos (1693 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:17)