Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRENÚNCIO

Sem aviso algum, em meus
olhos brotaram duas lágrimas,
 que rolaram pela face,assim
como as lágrimas de todo mundo.

Aparentemente não havia motivos,
elas simplesmente abriram caminho
de pronto, e não houve aquele aperto na
garganta como acontece sempre.

Mas, o fato é que elas chegaram,
molhando todo o trajeto,
e acabaram evaporando-se depois
de se alojarem em meu lenço.

Não sei se elas quiseram demonstrar
uma incubada saudade, ou,
se foi um prenúncio de mais lágrimas,
assim como chuva de granizo, que não
avisam quando vão chegar...

Mas que preocupação tola
em razão de duas lágrimas
repentinas, ah!são incontáveis
as que foram jogadas fora
em lenços-de-papel, e quantos
motivos ali ainda existem...!











 


 
 

   





Wil
Enviado por Wil em 13/10/2007
Código do texto: T693155
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 82 anos
2703 textos (85668 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 08:51)
Wil