Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMO-TE ASSIM

por Regilene Rodrigues Neves

Não sei quem você é...
Mas sei o que você sente
E pelo que você sente
Não me importo quem você é...

Quando te enamorei pela primeira vez
Senti tua carência que se misturou na minha...
E nela fui me encontrando, me apegando...
Por ti já chorei, não nego...
Por ti, um dia, senti meu amor partindo...
Quando friamente me rejeitara.

Confesso da dor que senti...
Porque tinha dado asas aquele sentimento
 Puro que me alimentava e era teu.
Tentei fugir, esquecer,
Mas doce ilusão...
Ele te queria de uma forma tamanha, estranha...
Tentei por alguém no teu lugar,
Mas quando percebi...
Nunca mais te sentir
Nunca mais tê-lo aqui...
Que fosse sem tempo, sem hora...
Ali sempre te buscava...
Foi então que percebi:
Que a tudo superava
Então senti que era amor!
Aquele que não precisa de uma imagem ou de defeitos...
Porque é maior no meu peito!

De ti faço a ode
Deixo existir o poeta...
Pra ti transformo-me em imagem perfeita
Entrego-te meu olhar e meu corpo
Para que me desnude
E me ame e nosso amor se encontre
Na dimensão sublime
Daquele que nos doou o amor
DEUS!

Nele confio meus sentimentos
E apenas peço:
Que seja feita a sua vontade
Pra que a felicidade
Seja minha e seja tua
E nosso seja o amor
Se dele formos merecedores!

Em 15/01/2004

regipoeta
Enviado por regipoeta em 09/11/2005
Código do texto: T69329

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
regipoeta
Goiânia - Goiás - Brasil, 54 anos
1312 textos (134331 leituras)
22 e-livros (7176 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:53)
regipoeta