Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Corpos distantes.

Corpos distantes.


Corpos em dispersão. Corpos ausentes
E corpos presentes em pensamentos
em sonhos nos espíritos e almas
A busca de paz e de momentos.
Procuram a paz do amor que buscam
Na loucura e a intensidade

Dos sentimentos e dos loucos
prazeres quando sob e dispara
a adrenalina
Sob a pressão e o pulsar do sangue.
Sufocam-se as angustias e saudades.
Há estremecimento nos corpos.

As pernas tremulas a emoção constante
O desespero. Vou a tua procura.
A procura do fim do tormento
Com o amor... De você! Aí vira só prazer.
Não haverá necessidade de dizer que te amo.

elio386565@hotmail.com
elio.oliveira@altinet.com. br
O que me dói mais é saber que eu e você
nunca seremos nóis



elio candido de oliveira
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Enviado por ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA em 14/10/2007
Reeditado em 27/10/2007
Código do texto: T693876
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (elio candido de oliveira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA
Ibiá - Minas Gerais - Brasil
4085 textos (159746 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 17:01)
ELIO CANDIDO DE OLIVEIRA