Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O amor do sabiá

Certo dia eu me lembro,
De avistar no céu um sabiá,
Não sabia se de lá vinha,
Ou se ainda ia a algum lugar,

Perguntei se me amparava,
Um pobre apaixonado,
Pois de meu amor não tinhas notícias,
Desde o inverno passado,

Sabiá respondeu cantando,
Disse que um beijo podia levar,
Mas que só voltava com a resposta,
Quando o próximo verão chegar,

Esperei um verão, dois, três,
E quando minha esperança já se ia,
No primeiro raiar de manhã,
Sabia com a resposta retornou,

Trouxe meu beijo de volta,
Disse que meu amor não encontrou,
Mas sabiá não mente nada,
E verdade num canto disparou:

Trouxe teu beijo de volta,
Pois nem sequer o entreguei,
Seu amor é uma flor tão linda,
Que por ela também me apaixonei,

E um conselho sabiá me deu:

Aprendas a voar, mesmo sem ter asas,
E procure nas nuvens por seu amor,
E saberás onde encontrá-la,
Quando tiver notícias de um sabiá,
Que voa alto e radiante junto de uma flor.
Vavelar
Enviado por Vavelar em 14/10/2007
Reeditado em 14/10/2007
Código do texto: T693999
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e colque link para página original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vavelar
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
68 textos (5767 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 10:20)
Vavelar