Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

de primavera e importâncias


a arte de pegar arroz com duas colheres
em uma só mão

a arte de fazer das mãos alheias sutiã

a arte de posar junto ao seu amor
para serem fotografados
pela sinceridade de um espelho
que, mágico, aquilo eterniza

a arte de reconhecer um momento verdadeiro

a arte de jogar pingue-pongue sorrindo
sem contemplar a bolinha -
a bolinha nunca teve tão pouca importância

a arte de sentir a importância
de cada palavra dita (às vezes como música)
e, sem artifícios, chorar ao som da penúltima sílaba

a arte de fazer balé embaixo do chuveiro
e de atravessar paredes de azulejo

a arte de beijar a lágrima do ser amado
e de se deixar beijar pela arte

(gozar e chorar, chorar e gozar
dentro de um mesmo instante:
isso é para poucos)

importância, benquerença, consciência...
consciência da descoberta do bom da vida
benquerença de poesia viva sem papel ou teclado
a arte de dar importância ao que importa
a arte de pegar arroz com duas colheres
em uma só mão

então,
gentil  dama e fiel cavalheiro,
eis a nova janela pras suas vidas:
a arte de acordar numa outra cidade
onde o gozo não é sonho
e a delícia
é a coisa mais possível do mundo

a arte de (re)descobrir o mundo

arroz para os famintos
capim de pousada bucólica para os famintos
cama para os famintos
palmas para os famintos
famintos, loucos e lindos

a arte de abrir os olhos
como um bebê que acaba de nascer
e deixá-los arder
com o suave fogo da primavera.
Luciano Fortunato
Enviado por Luciano Fortunato em 15/10/2007
Código do texto: T694886
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luciano Fortunato
Mendes - Rio de Janeiro - Brasil, 47 anos
561 textos (79649 leituras)
20 áudios (421 audições)
15 e-livros (3280 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 04:06)
Luciano Fortunato